Arco Norte é garantia para competitividade do País, afirma ministro

Arco Norte é garantia para competitividade do País, afirma ministro

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, falou sobre a importância do Arco Norte para o País durante o "2º Fórum de debates: a logística voltada para o Arco Norte", realizado pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos (Cedes), na última sexta-feira (2), em Barcarena (PA).

"Precisamos mostrar ao Brasil que o Arco Norte é a garantia para o Brasil ser mais competitivo no mercado internacional. Só assim os estados que estão acima do Centro-Oeste terão condições necessárias de competir. E o Pará, em face à sua localização, será o que hoje Santos é para o Sudeste", afirmou o ministro

O objetivo do Fórum foi debater meios de fortalecer a Região Norte como rota estratégica de escoamento da produção, buscar formas de viabilizar projetos e investimentos em infraestrutura e logística que contribuam com esse processo e reunir sugestões para solucionar os entraves.

O governo federal tem investido em projetos e obras para promover o desenvolvimento econômico regional e integrar as regiões. Dentro dessa política, uma das ações é fortalecer o Arco Norte como rota de transporte da produção.

Segundo o ministro, uma das questões centrais para ampliar a competitividade do Brasil no mercado internacional é garantir segurança jurídica ao setor empresarial, com leis que permitam planejamento e previsibilidade ao investimento privado.

"O mercado internacional precisa sentir segurança para aplicar seu capital e executar o que planeja. Além disso, o Brasil precisa dialogar e entender que sua regulação não pode ser excessiva. É necessário um ambiente mais desburocratizado em nosso país para incentivar o desenvolvimento. Precisamos consolidar novos empreendimentos porque isso significa geração de emprego e renda", destacou.

Fundos

Por meio dos fundos e incentivos fiscais, gerenciados pelo ministério, diversos projetos e obras na área de infraestrutura e logística receberam financiamentos e o benefício da redução no imposto de renda para investimentos na Região Norte.

De 2015 até o momento, a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) aprovou cerca de R$ 13 bilhões em incentivos, financiamentos e convênios para a região, tais como empresas de transmissão de energia elétrica e ferrovias.

"Quero alertar para o setor empresarial que temos recursos disponíveis exatamente para a área da infraestrutura. Vocês precisam usar esses recursos. A Hidrovias do Brasil, por exemplo, está investindo aqui em Barcarena, com recursos dos fundos, operados pelo Ministério e pela Sudam", explicou Helder Barbalho.

Na última quinta-feira (1º), o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, autorizou a ordem de serviço para o asfaltamento de 115,6 quilômetros da BR-308, importante rodovia do nordeste do estado do Pará.

A região é nacionalmente conhecida pela pesca artesanal e outros produtos como mandioca, farinha, arroz e laranja e artesanatos. A obra trará mais segurança aos motoristas, mais qualidade de vida à população local e contribuirá com a economia das cidades de Bragança, Augusto Correa e Viseu.

A remoção do Pedral do Lourenço, que vai viabilizar a navegação permanente na hidrovia Tocantins-Araguaia, em Marabá (PA), soma-se a essas iniciativas e possibilitará mais um meio de escoamento da produção agrícola, pecuária e mineral do Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás e Mato Grosso. 

Outro importante empreendimento na Região Norte é o projeto de uma nova ponte sobre o rio Araguaia, no trecho da BR-153 entre os municípios São Geraldo do Araguaia, no Pará, e Xambioá, no Tocantins. Hoje, a travessia é realizada por meio de balsas, prática que dificulta a logística para a saída da produção local e regional. A abertura do edital para elaboração dos projetos básico e executivo para a execução das obras foi realizada no dia 17 de novembro.

Fonte: Ministério da Imigração Nacional (MI)

Outras notícias que talvez lhe interessem

Comunidades participam de Audiência Pública promovida pela Semas

Comunidades participam de Audiência Pública promovida pela Semas

Cerca de 800 pessoas compareceram às audiências públicas promovidas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), nos dias 4 e 5 de outubro, para discutir os estudos...

Protocolado o pedido de Licença Prévia(LP) para linha de transmissão no Pará e Amazonas.

A Ambientare Soluções em Meio Ambiente protocolou, na quinta-feira, 28 de maio, o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), no Instituto Brasileiro do Meio...

ECOINFRA

Setor de infraestrutura discute Licenciamento Ambiental em BH

O ECOINFRA, tradicional encontro de licenciamento e gestão socioambiental para infraestrutura, acontece nos dias 16 e 17 de maio. Para essa edição, foi realizado uma pesquisa para conhecer os...

Soluções em meio ambiente
Entre em contato conosco e solicite uma proposta. Temos a solução ambiental ideal para sua empresa.