Energia eólica impulsiona o desenvolvimento social em regiões mais pobres

O avanço do setor de energia eólica no Brasil também ajuda no processo de desenvolvimento social e econômico de regiões carentes do País. A afirmação é do presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim.

Ele explica que os maiores potenciais de expansão do setor eólico atualmente estão nas regiões mais pobres do Brasil e cita o caso do semiárido nordestino. São regiões onde vivem, principalmente, pequenos agricultores. A chegada de parques eólicos garante renda complementar, devido ao arrendamento de parte da terra para a instalação das torres. 

“Isso não impede que esse pequeno agricultor continue com sua agricultura, com sua criação de boi, com seus animais, porque não existe incompatibilidade entre o aerogerador e essas atividades”, ressalta Tolmasquim. Segundo ele, essa renda extra muitas vezes corresponde a mais do que o dobro da renda usual obtida pelo agricultor, e, ao final colabora com o desenvolvimento econômico de toda a região.

“Podemos dizer que a energia eólica é importante não apenas porque é boa para o planeta e boa para o bolso do consumidor, mas porque é boa também para o desenvolvimento do interior do Brasil e pelo impacto social”, afirma o presidente da EPE.

A previsão do governo é que a energia elétrica produzida a partir dos ventos seja a segunda maior fonte de energia elétrica brasileira em poucos anos. Atualmente o País conta com aproximadamente 7,8 mil megawatts de produção eólica. 

Fonte: Portal Brasil

Foto: Ministério do Planejamento

Soluções em meio ambiente
Entre em contato conosco e solicite uma proposta. Temos a solução ambiental ideal para sua empresa.

Outras notícias que talvez lhe interessem

Aneel estuda reduzir risco ambiental em leilões de geração

Após propor que eventuais atrasos no licenciamento ambiental de empreendimentos de transmissão sejam compensados aos investidores, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) poderá adotar...

PROTOCOLADO ESTUDO DO COMPLEXO EÓLICO ITAGUAÇU DA BAHIA JUNTO AO INEMA

Na última quinta-feira, 01 de outubro de 2015, a AMBIENTARE Soluções Ambientais LTDA protocolou no Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos  - INEMA/BA o Plano Básico Ambiental (PBA) e...

Parceria estimula educação ambiental

Parceria estimula educação ambiental

A participação da sociedade na construção de uma cultura de baixo carbono é a nova aposta do governo federal para que o Brasil atinja as metas do Acordo de Paris para conter a mudança do clima....