Projeto obriga cadastro demográfico em empreendimento sujeito a desastre ambiental

Projeto obriga cadastro demográfico em empreendimento sujeito a desastre ambiental

A Câmara dos Deputados analisa projeto que torna obrigatória a realização de cadastro demográfico em empreendimentos com risco de desastre ambiental (PL 3856/15). A proposta do deputado Givaldo Vieira (PT-ES) exige que esse cadastro seja realizado anualmente.

Atualmente, a legislação (Lei 12.608/12) não prevê a realização desse cadastro nos processos de licenciamento ambiental.

Para o deputado, o desastre ocorrido em Mariana (MG), apontou inúmeras dificuldades na gestão de desastres no Brasil, como a inexatidão de informações em relação ao número de pessoas que foram vítimas do evento. Ele lembra que o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é realizado a cada dez anos e que, nesse intervalo, ocorrem inúmeras mudanças populacionais, como troca de endereço, nascimentos e mortes.

“Assim, os dados do IBGE são insuficientes para uma avaliação precisa de quantas pessoas foram atingidas. A carência de dados tem como consequência a demora nas ações de resposta e recuperação, como a identificação de corpos, a prestação de auxílio aos moradores e a indenização aos atingidos”, explicou Vieira.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas Comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

INTEGRA DA PROPOSTA: PL-3856/2015

Fonte: Agência Câmara Notícias

Outras notícias que talvez lhe interessem

Estudo indica potencial para instalação de duas mil torres de energia eólica no Piauí

Estudo indica potencial para instalação de duas mil torres de energia eólica no Piauí

Um estudo sobre o potencial eólico do lado piauiense da Serra da Ibiapaba estima a região tenha capacidade para receber mais de duas mil torres para produção de energia limpa. O assunto foi...

Empresas desenvolvem telha que substitui as placas solares

Unir sustentabilidade e beleza é um dos desafios do mercado de arquitetura. Por isso, com o objetivo de solucionar os “problemas estéticos” envolvendo as placas solares convencionais, as empresas...

Ambientare protocola Estudo Ambiental de LT de 35km de extensão

O Estudo Ambiental Complementar do Seccionamento da Linha de Transmissão 500 kV Bom Jesus da Lapa II - Ibicoara e Ampliação da Subestação Igaporã III, de interesse da Abengoa, foi protocolado na...

Soluções em meio ambiente
Entre em contato conosco e solicite uma proposta. Temos a solução ambiental ideal para sua empresa.